Um Coral de Natal da Broadway - Natal Branco

Tempo de leitura:
Coral de Natal da Broadway

Você já ouviu um coral de natal cantando Natal Branco? Sabia que a música foi composta para um filme musical? Foram usadas técnicas de produção da Broadway na composição. 

Não é à toa que está no Guinness Book of Records como o single mais vendido do mundo.

Neste Natal, fiz essa música com o Choir at Home em um arranjo super atual, onde foi possível experimentar diversas sonoridades próprias dos musicais da Broadway.

Foi possível

  • Conhecer sonoridades dos musicais da Broadway;
  • Desenvolver o ouvido harmônico;
  • Trabalhar com um repertório natalino tradicional;
  • Conhecer versões da música em outros idiomas;
  • Evidenciar o clima tropical durante o Natal.

Da Broadway para o coral de Natal tradicional

Natal Branco é uma versão da canção White Christmas, de Irving Berlin. Essa canção foi lançada em 1942 e a primeira versão, o single mais vendido do mundo, foi gravada por Bing Crosby.

Coube ao compositor Marino Pinto fazer a versão brasileira, transformando White Christmas em Natal Branco. O desafio não foi apenas trazer a música para o idioma dos brasileiros, mas também criar um cenário que remetesse a um Natal quente como o nosso, diferente do frio que acontece no hemisfério norte. 

O nosso Natal não é branco como a neve. Essa cena não faz parte de nossa realidade, mas, Marino Pinto foi sagaz, aproveitou as cenas comuns das produções de Hollywood e, na ausência do cenário real, trouxe o que era visto pela TV. 

Questões culturais

Há muitas críticas sobre o fato de Natal Branco não trazer um contexto muito brasileiro, ser distante de nossa vivência e, até mesmo, prover um certo imperialismo cultural. No entanto, a experiência com a televisão é muito forte e, querendo ou não, muita gente tem as imagens do Natal norte americano ou europeu na mente.

A versão brasileira remedia isso de alguma maneira, posicionando o Natal “lá onde a neve cai”, mas a parte da neve “sob a lua tropical” não faz muito sentido.

Para além da letra, a sonoridade também não tem nada de brasileira e, se pela poética o cenário não traz nada muito tropical, pelo som, traz menos ainda. A sonoridade é de um musical da Broadway e, qualquer ouvido mais sensível, somente pela música, acaba trazendo à mente o cenário natalino do hemisfério norte. 

Repertório obrigatório no coral de Natal

Mesmo tendo as diversas questões culturais, Natal Branco é uma música praticamente obrigatória no repertório natalino. Possui diversas versões, em vários idiomas e muitos arranjos para canto coral.

Muitos se identificam com a melodia e possuem lembranças de filmes, de momentos em família e de experiências que tiveram com esta música como plano de fundo. São essas lembranças que mais emocionam.

Afinal, o objetivo final não é fazer uma música para quem está nos trópicos, ou não, mas evidenciar o Natal como uma comunhão entre os povos, independente de estarem em locais onde a neve cai. Isso o canto coral faz muito bem. Está na sua essência. 

Coral de Natal virtual

Com a pandemia, os meios de produção musical on-line se expandiram. Novas possibilidades surgiram e o canto coral se beneficiou das facilidades.

Hoje em dia, é possível fazer canto coral no conforto de casa e ter uma experiência positiva. Aprender mais sobre música, desenvolver o aparelho vocal, se divertir. 

O canto coral on-line potencializou ainda mais o ideal do Natal Branco. Hoje, é possível confraternizar cantando em conjunto sem as barreiras da distância. 

Para produzir o Natal Branco, o Choir at Home contou com cantores em diversos lugares diferentes. Mesmo a distância continental não impediu que cantassem juntos. O resultado, você pode ver no vídeo abaixo:

Um coral de natal moldado para a sua rotina

Uma das partes mais legais de participar de vídeos como os do Choir at Home é poder enviar para amigos e familiares. Compartilhar o momento de alegria de cantar o Natal com todos que gostamos. 

O Choir at Home não é composto por cantores profissionais, mas por pessoas que, até entrarem no grupo, não sabiam nada sobre como gravar, e possuíam diversas deficiências vocais e musicais.

Durante o processo, os alunos passaram por uma capacitação ampla que ensina a cantar e a gravar de forma eficiente, livre de constrangimentos, com total flexibilidade, cada um trabalhando no próprio tempo, sem afetar o conjunto.

Isso acontece graças a metodologia TELA, onde os cantores aprendem de maneira assíncrona, aprendendo a se auto-avaliar e se auto-regular, tendo todo o domínio sobre o processo de aprendizagem.

Se você gosta de cantar e quer ingressar em um grupo que lhe proporcione aprendizado e, ao mesmo tempo, se encaixe em sua rotina, o Choir at Home é pra você. 

Comentários

WhatsApp

Postagens mais visitadas deste blog

20 dicas de como estudar o repertório do seu coral