Postagens

Como tornar o aprendizado musical mais divertido

Imagem
Ver a facilidade que grandes instrumentistas possuem na hora de tocar é inspirador, entretanto, a disciplina para chegar no ponto de um grande músico é enorme, mas, nem todos têm paciência para lidar com o processo. O aprendizado musical exige assiduidade, e nem todo o processo é prazeroso. Nesta postagem, vou mostrar como tornar seu aprendizado mais divertido, mesmo nos momentos mais enfadonhos. Aprendizado musical e método Quando começamos a estudar música ficamos empolgados. Nesse momento, é comum desejar abraçar o mundo, e estudar tudo o que for possível, mas não existe quem tenha energia para isso. Portanto, seja metódico: separe um momento diário para estudar música. Caso queira estudar mais que uma hora, mantenha intervalos de, pelo menos, 10 minutos a cada 40 minutos de estudos. Não passe de 50 minutos estudando sem parar. Tempo de amadurecimento Música é uma atividade que liga mente e corpo. Não basta somente entender como funciona, é necessário colocar em prática. É important

O ouvido musical se desenvolve?

Imagem
Muitos acreditam que as pessoas já nascem com o ouvido musical pronto, mas será que é simples assim? Será que a música está reservada apenas àqueles que foram tocados pelas musas? O ouvido musical do bebê De fato, com 5 meses de gestação, o feto já está com o ouvido em desenvolvimento, e uma das primeiras formas de interagir com o meio externo é a audição. A partir deste ponto, o “idioma musical” começa a ser aprendido, assim como a língua materna. O ouvido musical no ocidente As músicas do mundo vão muito além do que conhecemos como música. Para algumas culturas, a música tem uma função ritual muito importante que, em certas situações, sequer podem ser referidas por esse nome, dada a altivez da situação onde é feita. Não é plausível considerar o “ouvido musical” somente pelo olhar ocidental. Existem outros sistemas, que vão além do sistema tonal. Na música ocidental, admitimos como o menor espaço entre as notas, um semitom. Em muitas culturas, admite-se quartos, oitavas e outras distâ

Leitura musical: como desenvolver com o canto coral

Imagem
Muitos acreditam que leitura musical é identificar as notas no pentagrama e saber as relações rítmicas de forma matemática, mas sempre defendi que ler música é muito mais do que isso. Assim como lemos em português, podemos ler música. Antes de mais nada, proponho um experimento simples para definir se você sabe mesmo ler música: Pegue uma partitura e tente traduzir em sons. Caso necessite de um instrumento ou não consiga sair da parte conceitual, como identificação do nome das notas e da proporção rítmica, significa que ainda está longe de ler. Leitura musical e canto coral Das atividades musicais, o canto coral é uma das poucas que consegue estimular a leitura musical de forma plena. Uma das primeiras propostas feitas ao começar um ensaio, é o solfejo: uma primeira leitura para reconhecimento da obra. Nesse momento, o cantor demonstra o quanto de música tem dentro de si, mostrando sua habilidade em traduzir códigos em sons. A habilidade de olhar para uma partitura e ouvir sons sem pre

Aprender música com canto coral é excelente!

Imagem
Se você gosta e quer aprender música, mas ainda não decidiu se quer tocar um instrumento ou cantar, se gosta mais dos assuntos teóricos ou das questões ligadas à história da música, o canto coral é a melhor pedida. Nesta postagem, explico porque o canto coral é perfeito para quem quer começar a aprender música. Aprender música com trabalho colaborativo Dentro do canto coral, todos os aspectos da música estão interligados e, como é uma atividade em grupo, o aluno sempre aprende, independente da qualidade de sua performance. Ocorre que, mesmo não sendo um bom cantor, ou não entendendo muito de música, no canto coral, as músicas acontecem, pois é um trabalho colaborativo, onde cada um possui a sua parte. Na verdade, no canto coral, quando todos colaboram, normalmente, produzem um bom resultado. No canto coral você consegue aprender música compreendendo as fases de produção de uma música; observando a música de forma mais detalhada; compartilhando a responsabilidade pela execução musical;

Como melhorar a voz com o canto coral

Imagem
Muitas pessoas acreditam que a qualidade vocal é algo inato, e que não é possível melhorar. Confiam naquele ditado: "quem é bom já nasce feito". Mas será que é justo com quem não foi agraciado com uma bela voz? Será que é impossível que reles mortais possam melhorar sua voz? Hoje, vamos falar sobre como melhorar sua voz fazendo canto coral. Qualidade vocal no canto coral Uma das características mais democráticas do canto coral é o fato de não necessitar somente de vozes bonitas e bem trabalhadas. O importante na atividade é a combinação dos sons de todo o conjunto. Por isso, cada coral é único, cada formação possui uma característica que lhe é própria, e que dá singularidade ao grupo. É claro que um coro composto apenas de vozes feias não tem como soar bem, mas esta questão de feio, ou bonito, é algo que não há como julgar de forma precisa, sem passar pelo gosto estético pessoal. Há quem ache a voz do Louis Armstrong lindíssima, mesmo áspera e rouca, há quem prefira a doçura

Inscreva-se