Resenha Coral - Christmas Star - John Rutter & Cambridge Singers

Tempo de leitura:
A Inglaterra possui uma cultura coral muito rica. A tradição remonta ao período das cruzadas, quando o canto em conjunto acontecia nas igrejas do país. No período barroco e clássico, os ingleses fizeram questão de importar compositores alemães, para manter a tradição, pagando valores que os fizeram deixar o trabalho estável com nobres, como nos casos de Haendel e de Haydn que, mesmo tendo uma vida financeiramente confortável na Alemanha, saíram para a Inglaterra para trabalhar como freelancers, recebendo muito dinheiro por isso. Ambos morreram ricos graças aos oratórios que montaram para os ingleses que, até os dias de hoje, valorizam muito o repertório desse gênero.  

John Rutter 

Um dos compositores e regentes mais importantes de nossa época é John Rutter. Um compositor único, que conhece o coral como poucos. Formado em Cambridge, atuou como cantor de coro no Clare College e, posteriormente, tornou-se regente desse mesmo grupo. Em 1981, fundou o Cambridge Singers, coro que gravou o álbum em questão nesta resenha com selo criado pelo próprio regente e compositor: Collegium Records. 
Rutter é membro honorário do Westminster Choir College, Princeton e da Guild Church. Recebeu o título de Doutor em Música de Lambeth do Arcebispo de Canterbury (equivalente ao papa para os anglicanos), uma das principais honrarias acadêmicas oferecidas pela Igreja Anglicana, endossada pela Universidade de Oxford ou Cambridge, de acordo com a escolha do arcebispo. É patrono da Delta Omicron, fraternidade internacional de profissionais da música, vice presidente da Joyful Companion of Singers , presidente do The Bach Choir (Londres) e da Associação Bretã de Regentes Corais - Association of British Choral. 
Rutter também atua como editor e arranjador. Em parceria com Sir David Willcocks, publicou cinco volumes de arranjos corais para natal denominado Carols of Choirs. O disco desta resenha é composto por obras arranjadas, que estão publicadas nesse compêndio. 
Carol é a denominação usada pelos ingleses para as canções populares de natal; equivalente aos noëls dos franceses. Inclusive, muitos carols, na verdade, são noëls traduzidos para o inglês.   

Cambridge Singers 

O Cambridge Singers é um grupo formado com o único propósito de gravar álbuns com o selo Collegium Records. Inicialmente foi composto por cantores do Clare College - Cambridge, onde Rutter atuava como regente. Assim, não veremos o Cambridge Singers cantando facilmente, já que é um grupo convocado apenas para gravar. É mais comum assistir, em Cambridge, aos diversos corais que cada faculdade possui.  
Talvez a ideia do Cambridge Singers consista em juntar os melhores cantores dos corais de Cambridge e gravar, junto com orquestra, um grande álbum de natal. Entretanto, John Rutter sofre da síndrome da fadiga crônica, o que afeta sua atuação como músico e, talvez, não deixe o projeto progredir.  

Christmas Star 

A Christmas Star é um disco apaixonante. Possui lindas músicas de natal com interpretações e arranjos únicos. A influência eclética de Rutter, absorvida dos noëls franceses, dos spirituals americanos, da tradição inglesa, toda essa mistura faz o sentimento natalino aflorar para qualquer cristão ou qualquer pessoa que admita, pelo menos, a moral cristã para a vida. Um lindo disco que com certeza deixará sua ceia de natal mais iluminada.

Comentários

Inscreva-se

Postagens mais visitadas deste blog

20 dicas de como estudar o repertório do seu coral