O maestro virou blogueiro

Tempo de leitura:

Transformei meu site em um blog.
A decisão não foi fácil, mas necessária.
Resolvi escrever sobre música coral publicamente não apenas porque desejo expressar minhas opiniões, mas para ocupar alguns espaços que a internet brasileira ainda não soube abranger. Para falar de canto coral não basta dominar apenas assuntos musicais, há muitas outras temáticas envolvidas: administração, liderança, psicologia, pedagogia, biologia, física, matemática estão entre as muitas áreas do saber que devem ser abordadas. Sem contar que o texto precisa estar claro, objetivo e, principalmente, bem escrito.


Sites brasileiros de canto coral


Em uma pesquisa no google sobre sites brasileiros ligados a discussão coral, percebi que a categoria praticamente não existe, pelo menos não encontrei muitos exemplos que tivessem uma proposta de publicação sistemática sobre o assunto. Os que existem são sites institucionais de grupos corais em plataformas de blogs.
Lembro quando uma vez resolveram fazer um site para uma instituição que trabalhei: A diretoria resolveu optar por um blog pois não queria arcar com os custos de implantação, nem contratar um webdesigner. Imediatamente me posicionei e perguntei: "vocês sabem o que é um blog?" Para mim era natural saber que blog é um espaço de troca de opiniões a partir de um tema escolhido, pesquisado e redigido por um autor. Mas, naquele dia, percebi que estava envolto de pessoas que nada sabiam sobre o assunto e pouco estavam dispostas a entender mais a respeito.
De qualquer forma, a estratégia de criar um site institucional numa plataforma de blog, estranhamente, deu certo. Hoje o site é um dos mais acessados da web e, ao digitar "canto coral" na pesquisa do google, é um dos primeiros a aparecer.
Ocorre que, as plataformas de blogs foram melhorando e trazendo cada vez mais opções para o usuário, possibilitando geração de páginas estáticas internas, mudança de data de postagem, de redirecionamento para um local específico e muitas outras funções.
Observando esse fenômeno, percebi que muitas páginas ligadas ao canto coral da web brasileira, na verdade, são blogs travestidos de sites institucionais.
Ironicamente, para trocar informações com clientes, obtendo opiniões sobre produtos, serviços e outros negócios da internet, especialistas em webmaketing incentivam a criação de um blog dentro de um site institucional.
A lógica para as instituições ligadas ao canto coral no Brasil parece ser inversa. Criam um blog para ser um site institucional, mas não utilizam da função essencial da plataforma: estabelecer o diálogo entre cantores, maestros, espectadores, patrocinadores, parceiros e muitos outros que podem ser atingidos pelas temáticas afins do mercado.

Sites de Músicos


Pesquisando "blog de músicos" no google encontramos muitos profissionais escrevendo sobre assuntos ligados a música e estimulando a discussão sobre diversos temas. Revelando que sabem usar da plataforma com muita eficiência. Entretanto, muitos músicos, inclusive eu, acabaram caindo na mesma situação dos sites institucionais de canto coral, transformando blogs em portfólios virtuais.
Certa vez, me inscrevi em um concurso de regentes e era necessário enviar um portfólio. Imediatamente mandei o endereço do meu site que, imediatamente (rs), foi negado. Me senti bastante frustrado, visto que, esperava que finalmente o preço que pagava para manter um domínio próprio se justificasse. Mas foi importante para que eu refletisse. Pesquisei um pouco e descobri que existem plataformas online que fazem portfólios melhor que qualquer plataforma de blog e, a partir delas me inspirei no formato que uso até hoje.
Clique aqui para ver o meu portfólio online.

Coragem para implantar a ideia


Quando divulguei meu portfólio, um amigo veio falar comigo: "e o site, o que será dele?". Nesta época eu já sabia que o site não poderia ser um portfólio e que um blog acrescentaria muito a mim, aos alunos e aos cantores interessados em canto coral, mas faltava coragem para realizar.
Um blog de conteúdo confiável necessita de uma escrita esmerada e com estilo próprio. Não é algo para qualquer um. Isso me assusta até hoje. Além disso, falar sobre canto coral necessita de muita experiência no assunto o que, muitas vezes, é determinado por anos de prática. Eu tenho anos de prática, mas conheço muita gente com o dobro de anos de prática. Já ensaiei cantores que cantam há mais tempo em coro do que tenho de vida! É necessário muita coragem para escrever sobre os assuntos ligados ao canto coral.
Pesquisei um pouco mais e vi que poucos têm essa coragem. E muito blogueiro escreve sobre diversos assuntos, mesmo sem ter o tempo de experiência necessária para ter autoridade no que diz.
Descobri que, na verdade, nem todos os blogueiros são pessoas presunçosas que acham que sabem de tudo, mas são pessoas que querem estender determinado tema ao diálogo e escrevem para dar um ponta pé inicial à discussão.
É uma atividade extremamente rica quando mediada da maneira adequada, pois precisa de pesquisa criteriosa, não deixando que a discussão fique apenas no achismo.

É tudo o que os cantores de coro precisam!


A dinâmica de um ensaio coral não permite muito diálogo, pois o objetivo principal é a música, portanto, é preciso cantar durante mais tempo possível.
Com certeza os cantores e alunos muito tem a dizer e muito podem acrescentar. O ensaio não dá espaço para isso, mas o blog dá. Por isso, após dois anos administrando um blog que parecia um portfólio,  tomei coragem e escrevi esse primeiro post.

Gostou da ideia? Inscreva-se no blog e receba as atualizações por e-mail.

Deseja compartilhar alguma ideia? Deixe seu comentário.

Comentários

  1. Fala meu amigo, tudo de bom no projeto do Blog. Tenha certeza de que muitos interessados irão usar esse importante site para obter pesquisa. Um abraço! Rúben da Faculdade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rubén,
      A ideia é essa mesmo. Que bom que gostou!
      Obrigado pelo feedback!
      Grande abraço!

      Excluir
  2. Muito relevante a análise da web brasileira e do uso de blog vs. site institucional! Parabéns pela iniciativa, vamos acompanhar os próximos textos!!!

    ResponderExcluir
  3. Amei a idéia!
    E as idéias só se fortalecem com as ações. Parabéns pela iniciativa !!!!!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Deixe seu comentário

Inscreva-se

Postagens mais visitadas deste blog

20 dicas de como estudar o repertório do seu coral